Migração das campanhas eleitorais para internet foi o tema do Webinário de Marketing Político e Eleitoral da Academia Megasoft

PUBLICADA EM 05/10/2020 ÀS 10h01

Especialistas da área defenderam a utilização das redes sociais, desde que feita de forma correta.

A dificuldade de realizar uma campanha eleitoral em meio à pandemia e a já recorrente migração do corpo-a-corpo para a internet foi o principal tema debatido pelos participantes do Webinário de Marketing Político e Eleitoral, realizado pela Academia Megasoft, na manhã desta sexta-feira (02), virtualmente, para mais de 200 inscritos.

O debate sobre o melhor meio de atingir o eleitor em meio à pandemia de COVID-19 foi distribuído em três painéis temáticos, com nove jornalistas e especialistas, que debateram o dia-a-dia da imprensa em meio à polarização política de 2018, a campanha em meio às limitações e os desafios e estratégias para um mandato. O vídeo está disponível no CANAL DA MEGASOFT no youtube através do LINK:
https://www.youtube.com/watch?v=uRZzpCOTujU

Em meio à migração para a internet, o jornalista especialista em Marketing Eleitoral Sérgio Kobayashi fez a descrição de uma campanha bem-sucedida: “a soma da saliva, da sola do sapato e do santinho com o ativismo digital”, que deve ser amplificado nestas eleições, com uma participação de todos os apoiadores deste pretenso candidato.

Kobayashi, que participou do painel sobre a campanha eleitoral em meio à pandemia com o os painelistas Daniel Santos e com o professor de Comunicação e Marketing Político Celso Matsuda, entende que esaa soma faz uma campanha vitoriosa, desde que o candidato tenha um plano de mandato e tenha um jeito de falar com o povo. “O candidato ao Executivo precisa estar atento e precisa colocar tudo isso no seu plano de governo e os candidatos ao Legislativo precisam colocar um programa para realizar o mandato. Isso tudo estará nas suas redes sociais e precisa estar de forma que o eleitor entenda”, explica Sérgio.

 

Eleições Digitais

O tema de abertura do evento foi o dia-a-dia da cobertura da imprensa durante as eleições que, desde 2018, tiveram uma migração para o meio digital, com a consolidação da eleição do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).

Segundo o jornalista da Folha de São Paulo, Daniel Carvalho, que conversou com o jornalista Leandro Coutinho e com a assessora de Comunicação do Governo de São Paulo Flávia Soares, as redes sociais ultrapassaram a importância em período eleitoral, já que também são usadas para os governantes fazerem anúncios importantes do governo.

Flávia, porém, ressalta que é importante, sim, fazer os anúncios nas redes sociais, “mas para marcar um posicionamento”. Como as campanhas serão mais digitais, os candidatos precisam ser “multiplataforma”, que saibam se comunicar e construir a sua imagem no rádio, na tv, nas redes sociais.

 

Encerramento

O encerramento do Webinário foi sobre os desafios e as estratégias governamentais após as eleições, em um momento após a COVID-19, onde os debatedores fizeram questão de ressaltar a importância de separar o candidato do governante, onde este último só pode usar a publicidade institucional para falar sobre o seu governo, não sobre a sua imagem.

É o que explicou o advogado eleitoralista Leon Safatle, que participou do painel ao lado do publicitário Daniel Carvalho e do doutor em comunicação Roberto Gondo.

De acordo com Safatle, o candidato é o produto no marketing eleitoral. “É a pessoa mais importante da campanha”. “Mas depois, passando as eleições, o produto é o governo, e a publicidade precisa ser instrutiva”, explicou.

Gondo também acrescenta que o governo precisa se comunicar bem e formar uma boa marca. Ele precisa que a sociedade o reconheça, “não é apenas um logotipo”. “É preciso se desenvolver uma boa gestão de imagem para que a sua região tenha orgulho de você. É nestas horas que os gestores utilizam o marketing político”, concluiu.

Mais notícias

  • 29

    Abr

    Municípios têm até 5 de maio para apresentar plano de adequação dos sistemas ao Padrão Mínimo do SIAFIC segundo exigências do Decreto 10540/2020

    Foi publicado no dia 5 de novembro de 2020 o decreto 10540/2020 de âmbito nacional que estabelece regras e padrões mínimos para os sistemas de contabilidade de todos os entes da federação. E uma das e...

    Ler mais
  • 23

    Abr

    [ SAIU NA IMPRENSA ] Matéria com "Principais Dúvidas sobre a Nova Lei de Licitações" contou com a contribuição da Megasoft para esclarecer pontos importantes sobre o tema.

    A Rede Jornal Contábil publicou uma matéria em seu site abordando as principais dúvidas sobre a nova lei de licitações e contou com a contribuição da Megasoft para esclarecer pontos importantes sobre ...

    Ler mais
  • 19

    Abr

    LIVE MEGASOFT dia 20/04: Como o Colare impacta na entrega do Balancete? Fique por dentro das mudanças do layout para envio dos balancetes 2021 (PARA CLIENTES DE GOIÁS)

    Dia 20 (terça) às 14:30 faremos uma LIVE em nosso canal do youtube com o nosso time de especialistas:+ Leonardo Menezes: líder da Contabilidade Megasoft+ Eduardo Sousa: líder do RH Megasoft+ Wilson...

    Ler mais